Não só no bolo!

Mais do que uma frutinha decorativa, a cereja tem ação anticâncer e é antiinflamatória

Ela é pequena no tamanho e gigante nos benefícios à saúde. Já na sua cor verifica-se o seu poder antioxidante, ou seja, a neutralização dos radicais livres responsáveis por inúmeras doenças.

Assim como nas outras frutas vermelhas, a ação é do ácido elágico, auxiliado pela boa quantidade de vitamina C e antocianina, com ação antiinflamatória.

Cada 100g da fruta contém:
Calorias  36kcal
Carboidrato 8g
Fósforo 9,5mg
Potássio 73mg
Vitamina A 10mcg
itamina C 5mg
Fonte: UNICAMP – Tabela Brasileira de Composição de Alimentos / TACO

Fonte: Editora Alto Astral. O poder das frutas, v.1, n.1, 2009.

Pequena notável

Apesar do seu tamanho, essa frutinha tem poder antiinflamatório, digestivo e é indicado para crianças e adolescentes que precisam ganhar peso

 Há mais de uma década, o açaí ganhou papel de destaque nas academias de musculação de todo o Brasil. Riquíssimo em calorias (energia) e ótimo para auxiliar no fortalecimento dos músculos, na prevenção de câimbras e no combate ao desgaste físico, essa frutinha escura, proveniente da região norte do país, pode ser benéfica para todas as pessoas que desejam melhorar a saúde de maneira natural.

Nutrientes na tigela “O açaí é rico em potássio, cálcio e antocinaninas, um composto funcional que age como um poderoso antioxidante, inibindo os radicais livres produzidos no nosso organismo. Ainda tem poder aintiinfalamatório e previne contra o câncer”, ressalta a nutricionista Elizabete Elvira de Paola, da Vital Nutri Assessoria e Consultoria em Nutrição e Qualidade de Vida.

Substituto da refeição O açaí é um ótimo alimento energético, indicado para as pessoas que precisam ganhar peso rapidamente, como esportistas ou mesmo crianças e adolescentes de baixo peso que apreciam o seu sabor.

No Brasil, é muito consumido, como substituto de refeições. Em geral, nas lanchonetes e restaurantes é servido com banana e granola, tornando-se uma ótima pedida para o café da manhã ou mesmo lanche da tarde, decorrente do seu alto valor calórico. “100 gramas da polpa do açaí contêm 110 calorias, destas 30% correspondem a gorduras monoinsaturadas. Não existe uma melhor forma de consumi-lo, o indicado é consumir como substituto da refeição”, explica a nutricionista Elizabete Elvira de Paola.

 

O mito da boa fonte de ferro “Diferentemente do que coloca a crença popular, o açaí não pode ser considerado uma boa fonte de ferro, pois além de ter baixa biodisponibilidade, ou seja, ele é pouco absorvido pelo organismo, não contém grandes quantidades de nutriente em sua composição, informa a especialista em nutrição.

Cada 100g da fruta contém:
Calorias 110cal
Carboidrato 21,5g
Proteína 0,7g
Fibra Alimentar 1,7g
Magnésio 13mg
Fósforo 11mg
Potássio 75mg
Cálcio 22mg
Vitamina C 10,3mg
Fonte: UNICAMP – Tabela Brasileira de Composição de Alimentos / TACO

Fonte:  Editora Alto Astral. O poder das frutas, v.1, n.1, 2009. 

Amiga n° 1 do coração!


A uva é uma grande aliada na redução do colesterol e na prevenção de doenças cardiovasculares.

Rubi, Itália, preta, rosada… existem uvas para todos os gostos.  Cada um desses tipos possui cor, sabor e textura singulares e apresentam variadas quantidades de nutrientes.

As uvas de coloração vermelha ou roxa (com a uva rosada ou preta) possuem grande quantidade de flavonóides, que aumentam o colesterol bom (HDL), melhoram a circulação e previnem danos contra as artérias, diminuindo assim o risco de doenças cardiovasculares.

Antioxidantes naturais Os flavonóides  são substâncias encontradas nos vegetais e atuam como antioxidante no nosso organismo. São tipos de polifenóis, responsáveis pela defesa das plantas: protegem contra ataques de fungos, bactérias e até da radiação de ultravioleta. Se os polifenóis já tem essa função nos vegetais, imagine então quando nós os consumimos! Eles são capazes de combater a ação dos radicais livres e, assim, previnem o envelhecimento precoce.

Além de proteger as artérias (pois reduzem o risco de aterosclerose e baixam os níveis de colesterol ruim na corrente sanguínea), os flavonóides funcionam com aintiinflamatório e, por isso, podem aliviar dores.

Revestarol  Encontrada em abundância na casca de uvas pretas, o revestarol é uma substância (polifenol) antioxidante que ajuda a reduzir o colesterol ruim (LDL) e aumentar o bom colesterol (HDL) na corrente sanguínea. Ajuda na prevenção de doenças cardiovasculares, da perda de vitalidade e do envelhecimento precoce. Além isso, tem ação antiinflamatória, prevenindo doenças pulmonares obstrutivas crônicas, como a asma e a bronquite.

É só escolher… Ao observar uvas de diversas cores e nomes no mercado, geralmente as pessoas vão escolher aquela que mais agrada ao paladar. E isso não é errado, pois qualquer tipo de uva que levarem para a casa vai estar acompanhada de muitos nutrientes saudáveis. Apesar de as uvas avermelhadas serem mais ricas em flavonóides, toda uva traz benefício à saúde.

Todos os tipos de uvas possuem boa quantidade de minerais, em especial o potássio, que está presente nas contrações do coração, é essencial para a saúde dos músculos e equilíbrio da pressão arterial.

Os cachos também são repletos de fibras solúveis, que favorecem o bom funcionamento do intestino. Por ser rica em açúcares (glicose e frutose), a fruta fornece energia rapidamente e sacia a fome levemente. A uva ajuda a tratar afecções renais e a eliminar o ácido úrico,  pois tem ação diurética e alcalinizante.

Cada 100g da fruta contém:
Calorias 49cal
Carboidrato 12,7g
Proteína 0,6
Fibra Alimentar 0,9g
Magnésio 6mg
Fósforo 23m
Potássio 159m
Cálcio 8mg
Sódio 85mg
Fonte: UNICAMP – Tabela Brasileira de Composição de Alimentos / TACO

 Fonte: Ediotora Alto Astral. O poder das frutas. v.1, n.1. 2009. 

Limão. Barato, saudável e multiuso

  

O limão tem função antioxidante, fortalece o sistema imunológico e serve até como produto de limpeza!

Apenas 1 limão médio é capaz de fornecer a quantidade diária recomendada de Vitamina C. Ela participa da produção de anticorpos no organismo e, por isso, protege o nosso corpo contra infecções: nada mais propício em situações de baixa imunidade do organismo.

A Vitamina C, além de fortalecer o sistema imunológico, ainda ajuda o organismo a absorver ferro, Quem sofre de anemia deve consumir verduras verde-escuras, que são ricas nesse mineral, e, se temperá-las com limão, terão a dupla necessária para combater esse problema.

E não é só em sucos e chás que o limão oferece tantos benefícios. Esse azedinho serve como tempero de salada, é ingrediente de molhos e dá um gostinho a mais ao refrigerante. Rico em flavonóides, tem função anticancerígena, atua como antiinflamatório e ajuda a eliminar o colesterol ruim (LDL) do sangue.

Como do limão tudo é aproveitado, a casca pode ser ralada em tortas e até mesmo batida em suco. A limonada suíça, por exemplo, utiliza o limão inteiro, com casca e bagaço e, por isso, oferece todos os nutrientes presentes na fruta, em especial a pectina, substância presente na parte branca, entre a polpa e a casca. Ela ajuda a equilibrar os níveis de colesterol e glicose no organismo.

Os óleos essenciais ainda contribuem na eliminação do ácido úrico do organismo que, em excesso, pode causar artrite (inflamação das articulações), nefrite (inflamação dos rins) e cálculos renais.

O consumo de limão também pode prevenir problemas de circulação, pois seus flavonóides reforçam a parede dos vasos sanguíneos e dão mais elasticidade às artérias.

O suco de fruta também serve como produto de limpeza natural. Os produtos industrializados podem irritar a pele e as unhas e, além disso, prejudicam o meio ambiente. O excesso de espuma, jogado no esgoto todos os dias, favorece a proliferação de algumas plantas aquáticas e desequilibra a cadeia alimentar em rios e mares. Para ser ecologicamente correto, utilize 100 ml de suco puro de limão para cada  1 litro de água, misture bem e é só aplicar em vidros, azulejos, fogão, etc.

Cada 100g da fruta contém: PARA OBTER OS BENEFÍCIOS dO LIMÃO….
Calorias  32kcal …é preciso tomar alguns cuidados na hora da utilização. A acidez dessa fruta pode causar irritações, por isso:
Carboidrato 11,1g
Proteína 0,9g
Fibra Alimentar 1,2g
  • Algumas pessoas  que sofrem de gastrite podem ter sensibilidade ao limão. Porém, o consumo só é proibido se a pessoa sentir algum desconforto ao ingeri-lo.
Magnésio 10mg
Fósforo 24mg
Lipídeos 0,1g
  • O esmalte dos dentes também pode ficar prejudicado, assim, recomenda-se não escovar os dentes logo após ingerir limão; aguardar 1 hora para que o efeito do ácido se neutralize.
Cálcio 51mg
Sódio 1mg
Vitamina B1 0,3mg
  • Após manusear a fruta. é preciso lavar muito bem as mãos e outras áreas que tiveram contato com ela e não se expor ao sol, pois o sumo pode causar manchas na pele.
Vitamina C 38,2mg
Fonte: UNICAMP – Tabela Brasileira de Composição de Alimentos / TACO

Fonte: Editora Alto Astral. O poder das frutas. v. 1, n. 1. 2009.

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.