É só descascar!

A tangerina é uma união perfeita de sabor, praticidade e vitaminas

Ela representa grande parte dos nutrientes da laranja, porém com a vantagem de poder ser consumida em qualquer lugar, a qualquer hora, graças a facilidade de ser descascada.

Com boa quantidade de vitamina C, manda para bem longe os radicais livres e a ameaça de gripes e resfriados, já que reforça as defesas naturais do organismo.

O potássio, presente em sua composição, é responsável por regular a pressão arterial; o magnésio atua no equilíbrio hormonal e produção de energia; o cálcio fortalece ossos e dentes e participa da coagulação sanguínea; e o fósforo combate a fadiga. As fibras da polpa ainda dão uma forcinha para o funcionamento do intestino.

Cada 100g da fruta contém:
Calorias 38kcal
Carboidrato 9,6g
Proteína 0,8g
Fibra Alimentar 0,9g
Fósforo 12mg
Potássio 131mg
Vitamina C 48,8mg
Fonte: UNICAMP – Tabela Brasileira de Composição de Alimentos / TACO

 Fonte: Editora Alto Astral. O poder das frutas, v.1, n.1, 2009.

Sementes poderosas!

Reforce suas defesas naturais com romã

Ao partir a fruta ao meio você vai notar a diferença. A polpa da romã é composta por pequenas sementes de alto valor nutricional.

São ricas em vitaminas do complexo A e B, que protegem a visão e fortalecem o sistema imunológico, respectivamente.

Os minerais, como cálcio, fósforo e potássio, em boa quantidade na fruta, agem no equilíbrio corporal. Já a sua casca, quando utilizada na forma de chás, é um poderoso vermífugo, combatendo ainda, problemas da boca e garganta, como gengivite, inflamações e rouquidão.

Cada 100g da fruta contém:
Calorias  56kcal
Carboidrato 15,1g
Proteína 0,4g
Fibra Alimentar 0,4g
Fósforo 40mg
Potássio 485mg
Cálcio 8,1mg
Fonte: UNICAMP – Tabela Brasileira de Composição de Alimentos / TACO

 Fonte: Editora Alto Astral. O poder das frutas, v.1, n.1, 2009.

Coloração poderosa

A amora tem ação contra o câncer!

Ela faz parte do grupo das frutas vermelhas, poderosas agentes anticancerígenas. “As frutas vermelhas têm alto poder antioxidante, isso se deve principalmente ao ácido elágico contido nesses alimentos. Ele impede a formação dos temidos radicais livres que agem no envelhecimento e no câncer”, explica a nutricionista Andréia Gomes.

Rica em cálcio, a frutinha protege os ossos contra a osteoporose. Ela também é eficaz para tratar problemas de garganta, como rouquidão e irritações. Para desfrutar desses benefícios, coma 1 xícara (chá) de amoras por dia, alternando com o consumo de outras frutas vermelhas como a cereja e morango.

Cada 100g da fruta contém:
Calorias 57cal
Carboidrato 13,2g
Proteína 1,2g
Fibra Alimentar 3,9g
Magnésio 6mg
Ferro 2mg
Sódio 3mg
Cálcio 34mg
Fonte: UNICAMP – Tabela Brasileira de Composição de Alimentos / TACO

Fonte: Editora Alto Astral. O poder das frutas, v.1, n.1, 2009. 

 A fruta que acalma

O maracujá controla a ansiedade, fortalece o sistema imunológico e regula as taxas de glicose no sangue

 Famoso por seu efeito calmante, o maracujá é uma fruta versátil e 100% aproveitável! Nesta matéria você vai conferir dicas para utilizar desde a casca até as sementes, A fruta inteira oferece nutrientes que beneficiam a saúde.

Começando pela polpa  “A polpa do maracujá é rica em vitaminas do complexo B, que ajudam na regulação da absorção de carboidratos, proteínas e lipídeos”, afirma a nutricionista Elizabete Elvira De Paola, da Vital Nutri. É na polpa também que se encontra grande quantidade de vitamina C, poderoso antioxidante que ajuda a fortalecer o sistema imunológico e auxilia na cicatrização de ferimentos, pois participa da síntese de colágeno na pele.

A fruta é bastante recomendada para tratar e prevenir anemia, pois é rica em ferro e a vitamina C ajuda a absorver esse mineral.

Não desperdice a casca! “Cada parte do maracujá exerce uma função diferente no nosso organismo. Suas cascas são riquíssimas em fibras que melhoram o perfil lipídico, ajudam a e emagrecer e mudam o hábito intestinal”, explica a nutricionista Elizabete.  Quem promove esses benefícios é a pectina, fibra solúvel que, no estômago, funciona como um gel e causa a sensação de saciedade, controlando o apetite.

“No intestino, a pectina tem a função de absorver as gorduras, auxiliando no controle do colesterol, ao mesmo tempo de regula a absorção de glicose e, conseqüentemente, controla o diabetes tipo 2”, destaca a especialista. A casca do maracujá, ainda possui vitamina B3, ferro, cálcio, fósforo e sódio.

Tem coisa boa nas folhas Quem nunca apostou em um copo de suco de maracujá para acalmar a ansiedade e o nervosismo? A fruta tem leve ação sedativa, mas é nas folhas do maracujá que o efeito está concentrado.  “Diversos pesquisadores mostram que o efeito calmante não está no consumo do fruto e sim nas folhas e caules, quem contêm alcalóides e flavonóides. Essas substâncias atuam no sistema nervoso central como analgésico e relaxante muscular. A folha do maracujá ajuda controlar a ansiedade, diminui o estresse, a fadiga  e a insônia” ressalta a nutricionista Elizabete.  Para obter o efeito calmante das folhas, consuma-as na forma de chás.

E por último… …até as sementes podem ser aproveitadas! Elas são ricas em ácidos graxos insaturados, que contribuem para regular as taxas de colesterol no organismo. As sementes podem ser utilizadas em caldas para bolos. Quando assadas, ficam crocantes e dão uma textura especial à receita.

Cada 100g da fruta contém:
Calorias  68kcal
Carboidrato 12,3g
Proteína 2g
Fibra Alimentar 1,1g
Lipídeos 2,1g
Magnésio 28mg
Fósforo 51mg
Potássio 338mg
Ferro 0,06mg
Sódio 2mg
Vitamina C 19,8mg
Fonte: UNICAMP – Tabela Brasileira de Composição de Alimentos / TACO

Fonte: Editora Alto Astral. O poder das frutas, v.1, n.1, 2009.

Feio por fora, bonito por dentro…

…. mas, o mais importante: delicioso e faz muito bem para a saúde! Esse é o kiwi.

 Se alguém olha apenas para a casca, pode imaginar até que se trata de algum bicho. Ainda bem que a aparência não diz nada sobre essa fruta, porque detrás da casca peluda, se esconde um alimento rico em vitamina C, potássio, cálcio, proteínas e fibras alimentares.

 

Corpo em equilíbrio Rico em fibras, o kiwi auxilia no funcionamento do intestino e do aparelho digestivo, melhorando prisão de ventres, dores abdominais, azia e queimação no estômago. Por conter pectina, controla os níveis de colesterol no sangue.

Sua elevada concentração de potássio faz com que essa fruta seja recomendada na prevenção de fadiga e depressão leve e moderada. Por fim, os minerais presentes no kiwi reforçam as defesas do organismo contra vírus bactérias, regulam a pressão arterial e aumentam a capacidade de concentração.

Cada 100g da fruta contém:
Calorias 51kcal
Carboidrato 11,5g
Proteína 1,3g
Fibra Alimentar 2,7g
Magnésio 11mg
Fósforo 33mg
Potássio 269mg
Cálcio 24mg
Manganês 0,17mg
Vitamina A 70,8mg
Fonte: UNICAMP – Tabela Brasileira de Composição de Alimentos / TACO

Fonte: Editora Alto Astral. O poder das frutas, v.1, n.1, 2009.  

Pequena e poderosa

Rainha da vitamina C, a acerola também é fonte de betacaroteno e minerais

 Alguém poderia imaginar que uma frutinha tão pequena, que muitas pessoas têm no quintal de casa, seria tão benéfica?

 Com pouquíssimas unidades de acerola, é possível prevenir uma série de problemas de saúde. Ela é uma das melhores fontes de vitamina C, ganhando fácil quando comparada a outras frutas: possui 80 vezes mais que a laranja!

Confira todos os benefícios da acerola, quanto você deve consumir e por que a vitamina C é fundamental para o bom funcionamento de todo o organismo.

Não é só isso! ”A acerola é fonte de provitamina A, ferro e cálcio e tem baixo valor calórico”, afirma a nutricionista Elizebete Elvira De Paola, da Vital Nutri. A provitamina A é o famoso betacaroteno, substância antioxidante, capaz de prevenir o envelhecimento precoce e problemas cardiovasculares.

Os minerais da acerola também são essenciais para o organismo. O ferro, por exemplo, previne anemia, pois participa da síntese de células vermelhas no sangue e ajuda a distribuir oxigênio pelo corpo. Já o cálcio contribui para a saúde dos ossos, prevenindo osteoporose.

 Viva a Vitamina C! O ser humano não consegue sintetizar nem armazenar essa vitamina. Portanto, é preciso repor diariamente as doses, a partir do consumo de alimentos ricos nesse nutriente. É a vitamina C quem previne diversas infecções, pois fortalece o sistema imunológico. É antioxidante e combate os radicais livres, prevenindo o envelhecimento precoce, protegendo as artérias e o coração. Também deixa cabelos e dentes muito fortes.

“A deficiência da vitamina C pode ser observada quando as gengivas estão inchadas e inflamadas e as feridas não cicatrizam devido à diminuição na síntese do colágeno”, explica a nutricionista. A falta dela também pode causar cansaço e dores nas articulações.

“Estudos mostram que o seu consumo durante  35 dias ajuda no tratamento da anemia”, diz a especialista. É ela quem ajuda o organismo a absorver o ferro presente nos vegetais – e como a acerola tem ferro e vitamina C, ela é completa para o combate à anemia.

Quando e quanto consumir? Precisamos de vitamina C todos os dias. Alguns especialistas recomendam o consumo, no mínimo, 60mg do nutriente. A ingestão de 2 a 4 acerolas por dia é capaz de suprir as necessidades diárias de vitamina C de um adulto! Para crianças menores de 10 anos, 1 acerola por dia já é o suficiente.

Pode guardar! É possível colher acerola quase o ano inteiro e a árvore oferece frutas em grande quantidade. Se quiser armazená-las e consumi-las alguns dias depois, lave bem as acerolas em água corrente, segue, coloque em um saco plástico limpo e congele. Se preferir guardar em polpa, lave as frutas, bata-as no liquidificador, coe, separe em saquinhos plásticos e congele, A fruta congelada preserva grande parte dos nutrientes.

Cada 100g da fruta contém:
Calorias 33kcal
Carboidrato 8g
Proteína 0,9g
Fibra Alimentar 1,5g
Magnésio 13mg
Fósforo 9mg
Potássioo 165mg
Cálcio 13mg
Vitamina B3 1,38mg
Vitamina C 941,4mg
Fonte: UNICAMP – Tabela Brasileira de Composição de Alimentos / TACO

Fonte: Editora Alto Astral. O poder das frutas, v. 1, n.1, 2009.

De canudo e colher

Refresque-se e sacie a fome! Tanto a água como a polpa do coco oferecem nutrientes benéficos. Confira!

 Deseja matar a fome e a sede com um alimento só? Escolha o coco, que, além de fornecer água fresca e alimento sólido, previne alguns problemas de saúde, como artrose, osteoporose e dores musculares.

 A fruta é rica em minerais, e o mais importante é o magnésio, pois sua quantidade ultrapassa a de alimentos de origem animal.

“O magnésio contido no coco reforça os ossos e as cartilagens”, afirma a nutricionista Daniela Jobst. Não é só o cálcio que previne a osteoporose. É o magnésio quem colabora para mandar o cálcio direto para os ossos, preservando sua saúde. E é esse mineral também que previne artrite e hipertensão e ajuda o organismo a absorver proteínas.

Refrescante e nutritiva Livre de gorduras, a água-de-coco é uma opção para quem quer se beneficiar com os nutrientes da fruta, sem a culpa de consumir muitas calorias. “A água-de-coco é um produto natural e praticamente livre de contaminações. Possui baixo teor calórico e considerável valor nutricional”, explica Daniela Jobst.

A água-de-coco além de rica em magnésio,  possui outros minerais, como o potássio e cálcio, importantes para a saúde dos músculos e ossos. Também contém sódio, e por isso pessoas com hipertensão não devem abusar dessa bebida. Para quem quer matar a sede e se nutrir, a água de 1 coco apenas já é o suficiente!

Cada 100g da fruta contém:
Calorias 402kcal
Carboidrato 9,8g
Proteína 3,8g
Fibra Alimentar 5g
Lipídeos 41,7g
Magnésio 41mg
Fósforo 107mg
Potássio 370mg
Ferro 1,7mg
Sódio 11mg
Vitamina C 1,6mg
Fonte: UNICAMP – Tabela Brasileira de Composição de Alimentos / TACO

 Fonte: Editora Alto Astral. O poder das frutas, v.1, n. 1, 2009. 

Inimiga do colesterol e da prisão de ventre

Rica em fibras, a pêra bem que mereceria ser mais consumida pelos brasileiros. Descubra as razões para incluir essa fruta no seu dia-a-dia

 Pouco calórica, a pêra está presente em quase todas as dietas de emagrecimento. No entanto, ela não serve apenas para dar uma forcinha na hora de perder os quilinhos extras. Também fortalece o coração, os ossos e previne queda de cabelo e intestino grosso.

Nutrientes e benefícios Fibras. São os principais nutrientes presentes na pêra, e sua importância vai além da prevenção à prisão de ventre e melhoria do processo digestivo. Elas equilibram os níveis de açúcar no sangue, reduzem o colesterol e diminuem risco de câncer de cólon.

Outros nutrientes presentes na pêra são: potássio,  cálcio, enxofre, magnésio, silício, e vitamina C, que auxiliam no equilíbrio do sistema nervoso e no fortalecimento das funções cardíacas.

Atenção na escolha! O ideal é escolher as peras sem cortes, rachaduras ou manchas, pois estes sinais podem indicar que algum inseto passou pela fruta.

Cada 100g da fruta contém:
Calorias 53kcal
Carboidrato 14g
Proteína 0,6g
Fibra Alimentar 3g
Magnésio 6mg
Fósforo 12mg
Potássio 116mg
Cálcio 9mg
Vitamina C 2,8mg
Fonte: UNICAMP – Tabela Brasileira de Composição de Alimentos / TACO

 Fonte: Editora Alto Astral. O poder das frutas, v.1, n.1, 2009.

Pequena notável

Apesar do seu tamanho, essa frutinha tem poder antiinflamatório, digestivo e é indicado para crianças e adolescentes que precisam ganhar peso

 Há mais de uma década, o açaí ganhou papel de destaque nas academias de musculação de todo o Brasil. Riquíssimo em calorias (energia) e ótimo para auxiliar no fortalecimento dos músculos, na prevenção de câimbras e no combate ao desgaste físico, essa frutinha escura, proveniente da região norte do país, pode ser benéfica para todas as pessoas que desejam melhorar a saúde de maneira natural.

Nutrientes na tigela “O açaí é rico em potássio, cálcio e antocinaninas, um composto funcional que age como um poderoso antioxidante, inibindo os radicais livres produzidos no nosso organismo. Ainda tem poder aintiinfalamatório e previne contra o câncer”, ressalta a nutricionista Elizabete Elvira de Paola, da Vital Nutri Assessoria e Consultoria em Nutrição e Qualidade de Vida.

Substituto da refeição O açaí é um ótimo alimento energético, indicado para as pessoas que precisam ganhar peso rapidamente, como esportistas ou mesmo crianças e adolescentes de baixo peso que apreciam o seu sabor.

No Brasil, é muito consumido, como substituto de refeições. Em geral, nas lanchonetes e restaurantes é servido com banana e granola, tornando-se uma ótima pedida para o café da manhã ou mesmo lanche da tarde, decorrente do seu alto valor calórico. “100 gramas da polpa do açaí contêm 110 calorias, destas 30% correspondem a gorduras monoinsaturadas. Não existe uma melhor forma de consumi-lo, o indicado é consumir como substituto da refeição”, explica a nutricionista Elizabete Elvira de Paola.

 

O mito da boa fonte de ferro “Diferentemente do que coloca a crença popular, o açaí não pode ser considerado uma boa fonte de ferro, pois além de ter baixa biodisponibilidade, ou seja, ele é pouco absorvido pelo organismo, não contém grandes quantidades de nutriente em sua composição, informa a especialista em nutrição.

Cada 100g da fruta contém:
Calorias 110cal
Carboidrato 21,5g
Proteína 0,7g
Fibra Alimentar 1,7g
Magnésio 13mg
Fósforo 11mg
Potássio 75mg
Cálcio 22mg
Vitamina C 10,3mg
Fonte: UNICAMP – Tabela Brasileira de Composição de Alimentos / TACO

Fonte:  Editora Alto Astral. O poder das frutas, v.1, n.1, 2009. 

Dê uma banana para sua saúde!

Afinal, essa fruta barata e nutritiva contém potássio, magnésio, cálcio, fibras e até Vitamina C.

 Basta descascar e comer! Não precisa lavar, não tem caroço e é muito nutritiva. A banana é a fruta mais prática do mundo e uma das mais benéficas à saúde.

 Riquíssima em potássio – 1 banana fornece quase 1/3 do que necessitamos desse nutriente por dia -, essa fruta originária da Ásia, previne câimbras, regulariza a pressão arterial, dá energia e melhora o funcionamento do intestino

Sem câimbras Como já é destacado, a banana contém grande quantidade de potássio. Esse nutriente é o maior defensor contra aquelas contrações musculares que causam dores e, em alguns casos, dificuldade de locomoção. Cálcio e magnésio também auxiliam no combate às câimbras, e estão presentes na composição da banana.

Pressão alta e colesterol Novamente o potássio é protagonista. O consumo excessivo de sal, que eleva a pressão arterial, é amenizado com o consumo de potássio, ou seja, dá-lhe banana! Tanto é verdade, que a FDA (Food and Drug Administration), agência que controla alimentos e remédios nos Estados Unidos, autoriza que os produtores e comerciantes de bananas informem a capacidade da fruta na redução do risco de pressão alta e infarto. A farta quantidade de fibras solúveis da banana ainda ajudam a diminuir as chances de elevação do colesterol ruim na corrente sanguínea.

Preferida dos atletas Se você já freqüentou ou pelo menos passou em frente a uma academia de ginástica, certamente já percebeu que a banana é a fruta preferida dos atletas. Isso porque 2 bananas-nanicas fornecem energia suficiente para 1 hora e 30 minutos  de exercícios pesados. A grande vantagem da banana é que os carboidratos deste alimento são de fácil digestão, garantindo a recuperação rápida da energia e a revitalização dos músculos.

Intestino funcionando Basicamente pelo alto teor de fibras (em espacial, a pectina), a banana auxilia no funcionamento do tubo digestivo e na formação do bolo fecal, reduzindo a prisão de ventre.

Outros benefícios Além de todas as vantagens já apresentadas que a banana pode oferecer para a saúde, seu consumo regular ainda previne anemia (por causa do ferro); estimula a atenção e capacidade mental (graças ao potássio) reduz depressão e tensão pré-menstrual (pois contém tripofano, aminoácido que se converte em serotonina e melhora o humor); e, por incrível que possa parecer, é recomendada para quem deseja abandonar o cigarro, já que contém vitaminas C, A, B6, B12, potássio e magnésio, nutrientes que controlam os efeitos da abstinência da nicotina.

Além do escorregão Ela não serve só para fazer as pessoas escorregarem e caírem: a casca da banana também pode ser aproveitada em benefício da saúde. “Em casos de queimaduras, inflamações, inchaço, feridas, chagas e nevralgia, basta usar a casca fresca da banana e aplicá-las sobre a parte afetada. A casca deve ser presa ao ferimento sem apertá-lo e renovada a cada 2 ou 3 horas”, afirma a nutricionista Daniela Jobst.

Amarela e verde  Embora tenhamos o hábito de consumir apenas a banana madura, ou seja, amarela, a fruta verde é bastante positiva para o organismo. Cozida ou na forma de farinha (vendida em supermercados e lojas especializadas), o consumo da banana verde ajuda na prevenção do diabetes tipo 2, câncer de cólon, doenças coronárias (que afetam o coração) e ainda combate a obesidade, já que dá sensação de saciedade

Cada 100g da fruta contém:
Calorias 92kcal
Carboidrato 23,8g
Proteína 1,4g
Fibra Alimentar 1,9g
Magnésio 28mg
Fósforo 27mg
Potássio 376mg
Fonte: UNICAMP – Tabela Brasileira de Composição de Alimentos / TACO

Fonte: Editora Alto Astral. O poder das frutas, v. 1, n.1, 2009.

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.