Amiga n° 1 do coração!


A uva é uma grande aliada na redução do colesterol e na prevenção de doenças cardiovasculares.

Rubi, Itália, preta, rosada… existem uvas para todos os gostos.  Cada um desses tipos possui cor, sabor e textura singulares e apresentam variadas quantidades de nutrientes.

As uvas de coloração vermelha ou roxa (com a uva rosada ou preta) possuem grande quantidade de flavonóides, que aumentam o colesterol bom (HDL), melhoram a circulação e previnem danos contra as artérias, diminuindo assim o risco de doenças cardiovasculares.

Antioxidantes naturais Os flavonóides  são substâncias encontradas nos vegetais e atuam como antioxidante no nosso organismo. São tipos de polifenóis, responsáveis pela defesa das plantas: protegem contra ataques de fungos, bactérias e até da radiação de ultravioleta. Se os polifenóis já tem essa função nos vegetais, imagine então quando nós os consumimos! Eles são capazes de combater a ação dos radicais livres e, assim, previnem o envelhecimento precoce.

Além de proteger as artérias (pois reduzem o risco de aterosclerose e baixam os níveis de colesterol ruim na corrente sanguínea), os flavonóides funcionam com aintiinflamatório e, por isso, podem aliviar dores.

Revestarol  Encontrada em abundância na casca de uvas pretas, o revestarol é uma substância (polifenol) antioxidante que ajuda a reduzir o colesterol ruim (LDL) e aumentar o bom colesterol (HDL) na corrente sanguínea. Ajuda na prevenção de doenças cardiovasculares, da perda de vitalidade e do envelhecimento precoce. Além isso, tem ação antiinflamatória, prevenindo doenças pulmonares obstrutivas crônicas, como a asma e a bronquite.

É só escolher… Ao observar uvas de diversas cores e nomes no mercado, geralmente as pessoas vão escolher aquela que mais agrada ao paladar. E isso não é errado, pois qualquer tipo de uva que levarem para a casa vai estar acompanhada de muitos nutrientes saudáveis. Apesar de as uvas avermelhadas serem mais ricas em flavonóides, toda uva traz benefício à saúde.

Todos os tipos de uvas possuem boa quantidade de minerais, em especial o potássio, que está presente nas contrações do coração, é essencial para a saúde dos músculos e equilíbrio da pressão arterial.

Os cachos também são repletos de fibras solúveis, que favorecem o bom funcionamento do intestino. Por ser rica em açúcares (glicose e frutose), a fruta fornece energia rapidamente e sacia a fome levemente. A uva ajuda a tratar afecções renais e a eliminar o ácido úrico,  pois tem ação diurética e alcalinizante.

Cada 100g da fruta contém:
Calorias 49cal
Carboidrato 12,7g
Proteína 0,6
Fibra Alimentar 0,9g
Magnésio 6mg
Fósforo 23m
Potássio 159m
Cálcio 8mg
Sódio 85mg
Fonte: UNICAMP – Tabela Brasileira de Composição de Alimentos / TACO

 Fonte: Ediotora Alto Astral. O poder das frutas. v.1, n.1. 2009.