Dê adeus à imunidade baixa!

Descubra como a goiaba reforça as defesas de seu organismo e traz muito mais saúde para o seu dia-a-dia

 Com um aroma inconfundível, a goiaba reúne três qualidades que a colocam entre as frutas tropicais ideais para garantir a saúde do organismo: baixo teor calórico, poder antioxidante e boa quantidade de fibras solúveis.

Uma força na dieta Quem está acima do peso já pode comemorar. A goiaba é mais uma aliada na luta contra a balança. Em 100g  do tipo vermelho da fruta há apenas 54 calorias, uma opção para os lanches entre as refeições principais ao longo do dia.

Mas os benefícios não param por aí. As fibras, em boa quantidade na casca e polpa da fruta, ainda garantem a sensação de saciedade, ou seja, ao consumi-la você não sentir a fome bater tão cedo.

A cor da saúde “O principal composto funcional presente na goiaba é o licopeno, que confere a cor vermelha à fruta. Ele é um poderoso antioxidante, que mantém a juventude das células e previne contra o surgimento de câncer”, esclarece a nutricionista Elizabete Elvira De Paola, da Vital Nutri.

O licopeno ganha um reforço com a grande quantidade de vitamina C da fruta, também um poderoso antioxidante, que da mesma forma age contra os radicais livres. Quem ganha é o organismo, uma vez que fica protegido do envelhecimento celular e outras mutações que podem desencadear o câncer, por exemplo, entre outras doenças.

De bem com o intestino As fibras, presentes na casca e polpa da fruta, aliadas ao consumo regular e abundante de líquidos (o ideal é consumir até 2 litros de água por dia) aumentam o bolo fecal e reduzem a prisão de ventre.

“Por ser rica em fibras, ela ajuda no funcionamento do intestino. Sem falar que alguns estudos mostram que médicos a indicam como antibiótico a crianças, para combater as bactérias que estão no seu intestino, conferindo, assim, seu poder bactericida”, ressalta Elizabete De Paola.

Outros benefícios A goiaba ainda se apresenta como fonte de vitamina A, que garante a saúde dos olhos e aumenta a imunidade; vitaminas do complexo B, principalmente a niacina, que previne as dores de cabeça de enxaqueca, indigestão, diarréia, entre outros problemas; e a vitamina C. “Por ser rica em vitamina C, a goiaba é uma forte arma na proteção contra infecções, processos alérgicos e fadiga”, esclarece a nutricionista Andréia Gomes.

A fruta também apresenta um mineral bastante importante em sua composição, o potássio, que participa das contrações musculares, equilibra a quantidade de líquidos  no corpo e regula a pressão arterial.

Cada 100g da fruta contém: VERMELHA OU BRANCA?
Calorias  54kcal  Apesar de concentrar os mesmo nutrientes, alguns deles em quantidades superiores, como é o caso do mineral potássio (220mg em 100g da fruta), o tipo branco não contém o licopeno, substância aclamada por seu poder antioxidante, ou seja a capacidade de combater os radicais livres. A dica é variar entre os dois tipos, para não deixar de aproveitar os benefícios de nenhuma das especialidades.

Na hora da compra, para não se confundir, preste atenção na coloração da casca da goiaba. Se tiver um verde bastante claro, é o tipo branco; já com a cor verde mais viva caracteriza a vermelha.

Carboidrato 13g
Proteína 1,1g
Fibra Alimentar 6,2g
Lipídeos 0,4mg
Fósforo 15mg
Potássio 198g
Manganês 0,09mg
Ferro 0,2mg
Zinco 0,1mg
Vitamina B6 0,03mg
Fonte: UNICAMP – Tabela Brasileira de Composição de Alimentos / TACO

 Fonte: Editora Alto Astral. O poder das frutas, v.1, n.1, 2009.