Polpa e castanha se completam

… e fornecem os nutrientes fundamentais para a saúde!

Vitamina C, fibras e caretenóides. São essas a substâncias presentes no caju que mais beneficiam a saúde. A fruta possui 5 vezes mais vitamina C que a laranja e só está atrás da acerola e do camu-camu.

Por isso, o caju fortalece o sistema imunológico, previne infecções, combate alergias de pele e cansaço.

Pelas cores da polpa, é possível perceber a ação anticancerígena: de casca amarela e avermelhada possui batacaroteno e licopeno, duas substâncias capazes de prevenir os câncer de pulmão e de próstata, respectivamente. Já as fibras contribuem para o bom funcionamento do intestino, proporcionando boa digestão.

Da fruta, até a castanha…

…pode ser aproveitada! E não é só para não desperdiçar. A castanha do caju é rica em minerais, vitaminas E e do complexo B, proteínas, carboidratos e fibras. Se consumida moderadamente, a castanha contribui para manter a saúde de ossos e músculos, fornecer energia paras as atividades diárias, melhorar a digestão  e até regular o nível de colesterol ruim (LDL) no sangue, pois possui ácidos graxos poliinsaturados.

As castanhas podem ser consumidas no café da manhã ou lanche da tarde, até 3 unidades por dia. Elas oferecem grande parte da quantidade diária recomendada de magnésio. Esse mineral contribui no controle do nervosismo, depressão, cansaço  e fraqueza. Para prepará-las, asse-as, no forno, até torrar levemente. Prefira consumi-las sem sal.

Dica de consumo Os sucos são boa opção para quem não suporta o sabor adstringente do caju! Consuma-os logo após o preparo, para aproveitar ao máximo os nutrientes da fruta.

 

Cada 100g da fruta contém:
Calorias 43kcal
Carboidrato 10,3g
Proteína 1g
Fibra Alimentar 1,7g
Lipídeos 0,3mg
Magnésio 10mg
Fósforo 16mg
Potássio 124mg
Cálcio 1mg
Sódio 1mg
Fonte: UNICAMP – Tabela Brasileira de Composição de Alimentos / TACO

 Fonte: Editora Alto Astral. O poder das frutas, v.1, n.1, 2009.