Inimiga do colesterol e da prisão de ventre

Rica em fibras, a pêra bem que mereceria ser mais consumida pelos brasileiros. Descubra as razões para incluir essa fruta no seu dia-a-dia

 Pouco calórica, a pêra está presente em quase todas as dietas de emagrecimento. No entanto, ela não serve apenas para dar uma forcinha na hora de perder os quilinhos extras. Também fortalece o coração, os ossos e previne queda de cabelo e intestino grosso.

Nutrientes e benefícios Fibras. São os principais nutrientes presentes na pêra, e sua importância vai além da prevenção à prisão de ventre e melhoria do processo digestivo. Elas equilibram os níveis de açúcar no sangue, reduzem o colesterol e diminuem risco de câncer de cólon.

Outros nutrientes presentes na pêra são: potássio,  cálcio, enxofre, magnésio, silício, e vitamina C, que auxiliam no equilíbrio do sistema nervoso e no fortalecimento das funções cardíacas.

Atenção na escolha! O ideal é escolher as peras sem cortes, rachaduras ou manchas, pois estes sinais podem indicar que algum inseto passou pela fruta.

Cada 100g da fruta contém:
Calorias 53kcal
Carboidrato 14g
Proteína 0,6g
Fibra Alimentar 3g
Magnésio 6mg
Fósforo 12mg
Potássio 116mg
Cálcio 9mg
Vitamina C 2,8mg
Fonte: UNICAMP – Tabela Brasileira de Composição de Alimentos / TACO

 Fonte: Editora Alto Astral. O poder das frutas, v.1, n.1, 2009.

Anúncios

Pequena notável

Apesar do seu tamanho, essa frutinha tem poder antiinflamatório, digestivo e é indicado para crianças e adolescentes que precisam ganhar peso

 Há mais de uma década, o açaí ganhou papel de destaque nas academias de musculação de todo o Brasil. Riquíssimo em calorias (energia) e ótimo para auxiliar no fortalecimento dos músculos, na prevenção de câimbras e no combate ao desgaste físico, essa frutinha escura, proveniente da região norte do país, pode ser benéfica para todas as pessoas que desejam melhorar a saúde de maneira natural.

Nutrientes na tigela “O açaí é rico em potássio, cálcio e antocinaninas, um composto funcional que age como um poderoso antioxidante, inibindo os radicais livres produzidos no nosso organismo. Ainda tem poder aintiinfalamatório e previne contra o câncer”, ressalta a nutricionista Elizabete Elvira de Paola, da Vital Nutri Assessoria e Consultoria em Nutrição e Qualidade de Vida.

Substituto da refeição O açaí é um ótimo alimento energético, indicado para as pessoas que precisam ganhar peso rapidamente, como esportistas ou mesmo crianças e adolescentes de baixo peso que apreciam o seu sabor.

No Brasil, é muito consumido, como substituto de refeições. Em geral, nas lanchonetes e restaurantes é servido com banana e granola, tornando-se uma ótima pedida para o café da manhã ou mesmo lanche da tarde, decorrente do seu alto valor calórico. “100 gramas da polpa do açaí contêm 110 calorias, destas 30% correspondem a gorduras monoinsaturadas. Não existe uma melhor forma de consumi-lo, o indicado é consumir como substituto da refeição”, explica a nutricionista Elizabete Elvira de Paola.

 

O mito da boa fonte de ferro “Diferentemente do que coloca a crença popular, o açaí não pode ser considerado uma boa fonte de ferro, pois além de ter baixa biodisponibilidade, ou seja, ele é pouco absorvido pelo organismo, não contém grandes quantidades de nutriente em sua composição, informa a especialista em nutrição.

Cada 100g da fruta contém:
Calorias 110cal
Carboidrato 21,5g
Proteína 0,7g
Fibra Alimentar 1,7g
Magnésio 13mg
Fósforo 11mg
Potássio 75mg
Cálcio 22mg
Vitamina C 10,3mg
Fonte: UNICAMP – Tabela Brasileira de Composição de Alimentos / TACO

Fonte:  Editora Alto Astral. O poder das frutas, v.1, n.1, 2009. 

Dê uma banana para sua saúde!

Afinal, essa fruta barata e nutritiva contém potássio, magnésio, cálcio, fibras e até Vitamina C.

 Basta descascar e comer! Não precisa lavar, não tem caroço e é muito nutritiva. A banana é a fruta mais prática do mundo e uma das mais benéficas à saúde.

 Riquíssima em potássio – 1 banana fornece quase 1/3 do que necessitamos desse nutriente por dia -, essa fruta originária da Ásia, previne câimbras, regulariza a pressão arterial, dá energia e melhora o funcionamento do intestino

Sem câimbras Como já é destacado, a banana contém grande quantidade de potássio. Esse nutriente é o maior defensor contra aquelas contrações musculares que causam dores e, em alguns casos, dificuldade de locomoção. Cálcio e magnésio também auxiliam no combate às câimbras, e estão presentes na composição da banana.

Pressão alta e colesterol Novamente o potássio é protagonista. O consumo excessivo de sal, que eleva a pressão arterial, é amenizado com o consumo de potássio, ou seja, dá-lhe banana! Tanto é verdade, que a FDA (Food and Drug Administration), agência que controla alimentos e remédios nos Estados Unidos, autoriza que os produtores e comerciantes de bananas informem a capacidade da fruta na redução do risco de pressão alta e infarto. A farta quantidade de fibras solúveis da banana ainda ajudam a diminuir as chances de elevação do colesterol ruim na corrente sanguínea.

Preferida dos atletas Se você já freqüentou ou pelo menos passou em frente a uma academia de ginástica, certamente já percebeu que a banana é a fruta preferida dos atletas. Isso porque 2 bananas-nanicas fornecem energia suficiente para 1 hora e 30 minutos  de exercícios pesados. A grande vantagem da banana é que os carboidratos deste alimento são de fácil digestão, garantindo a recuperação rápida da energia e a revitalização dos músculos.

Intestino funcionando Basicamente pelo alto teor de fibras (em espacial, a pectina), a banana auxilia no funcionamento do tubo digestivo e na formação do bolo fecal, reduzindo a prisão de ventre.

Outros benefícios Além de todas as vantagens já apresentadas que a banana pode oferecer para a saúde, seu consumo regular ainda previne anemia (por causa do ferro); estimula a atenção e capacidade mental (graças ao potássio) reduz depressão e tensão pré-menstrual (pois contém tripofano, aminoácido que se converte em serotonina e melhora o humor); e, por incrível que possa parecer, é recomendada para quem deseja abandonar o cigarro, já que contém vitaminas C, A, B6, B12, potássio e magnésio, nutrientes que controlam os efeitos da abstinência da nicotina.

Além do escorregão Ela não serve só para fazer as pessoas escorregarem e caírem: a casca da banana também pode ser aproveitada em benefício da saúde. “Em casos de queimaduras, inflamações, inchaço, feridas, chagas e nevralgia, basta usar a casca fresca da banana e aplicá-las sobre a parte afetada. A casca deve ser presa ao ferimento sem apertá-lo e renovada a cada 2 ou 3 horas”, afirma a nutricionista Daniela Jobst.

Amarela e verde  Embora tenhamos o hábito de consumir apenas a banana madura, ou seja, amarela, a fruta verde é bastante positiva para o organismo. Cozida ou na forma de farinha (vendida em supermercados e lojas especializadas), o consumo da banana verde ajuda na prevenção do diabetes tipo 2, câncer de cólon, doenças coronárias (que afetam o coração) e ainda combate a obesidade, já que dá sensação de saciedade

Cada 100g da fruta contém:
Calorias 92kcal
Carboidrato 23,8g
Proteína 1,4g
Fibra Alimentar 1,9g
Magnésio 28mg
Fósforo 27mg
Potássio 376mg
Fonte: UNICAMP – Tabela Brasileira de Composição de Alimentos / TACO

Fonte: Editora Alto Astral. O poder das frutas, v. 1, n.1, 2009.

De vilão a mocinho

Entenda por que o abacate vem perdendo a fama de “mau” e conquista, a cada dia, consumidores que se preocupam com a saúde e o bem-estar.

Ao olhar para o abacate, é difícil imaginar que, por trás de sua aparência nem tanto apetitosa, se escondem importantes vitaminas e minerais para a manutenção da saúde, além, é claro, de um sabor inconfundível.

“Algumas pessoas estudam o poder do abacate na inibição do crescimento de células cancerígenas, auxiliando na prevenção do câncer. Outras, porém, mostram que existem componentes funcionais que auxiliam na diminuição dos sintomas de osteoartrite, na redução do colesterol ruim (LDL) e aumento do bom  (HDL), prevenir doenças cardiovasculares”, esclarece a nutricionista Elizabete Elvira de Paola, da Viltal Nutri.

As qualidades de mocinho O abacate sempre foi temido por sua grande quantidade de gordura. Porém, o que muitas pessoas não sabem é que essa é uma “gordura do bem”. É o tipo de gordura chamada monoinsaturada, que aumenta os níveis de colesterol bom (HDL), aquele que retirará o acúmulo de gordura das artérias, e reduz o colesterol total. Já um outro fitonutriente, uma substância natural da planta que funciona como nutriente e ajuda a prevenir doenças, chamado de beta sitosterol, também auxilia na redução dos níveis de colesterol total.

Vilão? Só contra o câncer!  Por apresentar boa quantidade de vitaminas C e E em sua composição, ambas com poder antioxidante, que barra a ação dos radicais livres responsáveis por desencadear o envelhecimento e destruição das células, o abacate evita o desenvolvimento de inúmeras doenças, entre elas o câncer, que se origina a partir de uma mutação nas células.

As vitaminas do complexo B, também presentes na fruta, reforçam a função antioxidante do abacate, já que promovem o desenvolvimento saudável das novas células e tecidos.

Pesquisas recentes apontam ainda que o abacate é importante fonte de glutatoína, também um fitonutriente com ação antioxidante. Ele barra a ação dos radicais livres e pode impedir o desenvolvimento de cânceres de boca e garganta, entre outros.

 

Mais benefícios O abacate ainda possui vitamina A e minerais com cálcio, ferro e fósforo, que garantem o equilíbrio de que organismo necessita. Uma pesquisa japonesa, realizada na Universidade de Shizuoka, verificou que o abacate, além dos benefícios citados acima, também pode proteger o fígado, reduzindo danos semelhantes aos provocados por hepatites. Os cabelos e a pele também recebem os benefícios da fruta, graças á proteína vegetal, os deixa hidratados e macios. 

Na hora do consumo Não sabe o que fazer com o abacate para que ele não escureça logo após ser cortado? É simples. Basta passar um pouco de suco puro de limão na superfície cortada. O limão impede a oxidação e, em conseqüência, o escurecimento. Já se for guardar uma das metades para consumir posteriormente, mantenha nela o caroço. Isso faz com que ela não estrague com facilidade.

Cada 100g da fruta contém:
Calorias 96kcal
Carboidrato 6g
Proteína 1,2g
Fibra Alimentar 6,3g
Magnésio 15mg
Fósforo 22mg
Lipídeos 8,4g
Potássio 206mg
Cálcio 8mg
Manganês 0,17mg
Ferro 0,2mg
Cobre 0,15mg
Zinco 0,2mg
Vitamina B2 0,04mg
Vitamina C 8,7mg
Vitamina E 1mg
Fonte: UNICAMP – Tabela Brasileira de Composição de Alimentos / TACO

 Fonte: Editora Alto Astral. O poder das frutas. v.1, n.1, 2009.

Nutritiva até o bagaço!


A laranja é antioxidante, controla os níveis de açúcar e colesterol no sangue e combate a prisão de ventre. O que você está esperando para aproveitar estes benefícios?

Se você faz parte do grupo de pessoas que identifica a Vitamina C com o único benefício que a laranja traz ao organismo, saiba que essa fruta esconde muitos outros nutrientes essenciais para a manutenção da saúde.

Além da Vitamina C, a laranja é rica em fibras, possui cálcio, magnésio, potássio, betacaroteno, algumas vitaminas do complexo B.

Descubra, a seguir, o que cada um desses nutrientes faz pela manutenção do seu organismo.

Um fruta completa A Vitamina C e o betacaroteno são dois antioxidantes, o último responsável pela coloração da fruta, que protegem as células contra a ação dos radicais livres.  Os minerais atuam no fortalecimento dos ossos e músculos e na absorção de outros nutrientes  (cálcio e magnésio), na regulação da pressão arterial e elasticidade das artérias (potássio), favorecendo as funções cardíacas.

Coração batendo forte Uma das grandes ameaças à saúde cardíaca é o colesterol total elevado. Quando em excesso no sangue, ele passa a se depositar na parede das artérias e impede a circulação normal. Quem sofre é o coração, que pode entrar em colapso pelo não recebimento de sangue ou pelo esforço excessivo para bombardeá-lo pelas artérias, além, é claro, de outras doenças decorrentes do impedimento da circulação, como os acidentes vasculares cerebrais (AVCs), por exemplo.

Quando consumida com o bagaço, a laranja auxilia no controle do colesterol. Isso tudo graças à pectina, uma fibra solúvel presente na polpa da fruta que regula essas taxas.

Controle da glicemia As fibras solúveis ainda reduzem a absorção intestinal de glicose para a corrente sanguínea, sendo uma opção para quem sofre de diabetes. Porém, como cada organismo reage de uma forma, o ideal é procurar um nutricionista para avaliar a quantidade de fruta a ser consumida em caso de diabetes.

Um verdadeiro relógio! Mais uma vez as fibras são o destaque a fruta. Presentes no bagaço da laranja, ao serem consumidas elas garantem a sensação de saciedade e ainda dão volume ao bolo fecal, fato que favorece o trânsito intestinal e dá fim à prisão de ventre.

Mas, lembre-se: para que as fibras desempenhem sua função, você também precisa ajudar. Consuma pelo menos 2 litros de líquidos diariamente.

Cada 100g da fruta contém:
Calorias 37kcal
Carboidrato 8,9g
Proteína 1g
Fibra Alimentar 0,8g
Lipídeos 0,1g
Magnésio 9mg
Manganês 0,05mg
Fósforo 23mg
Potássio 163mg
Ferro 0,1mg
Cobre 0,03mg
Zinco 0,1mg
Vitamina B1 0,07mg
Vitamina B2 0,02mg
Vitamina C 53,7mg
Fonte: UNICAMP – Tabela Brasileira de Composição de Alimentos / TACO

 Fonte: Editora Alto Astral. O poder das frutas. v.q1, n.1, 2009.

Descasque 0 abacaxi!  E ganhe saúde!

 A fruta é rica em fibras, vitaminas A e C, além de minerais e uma enzima pra lá de eficiente: a bromelina.

Por ser rico em Vitaminas e Minerais, o abacaxi, quando consumido com regularidade, é capaz de afastar problemas de saúde e aumentar a imunidade do organismo.

O rei das frutas Não é só por sua aparência imponente que o abacaxi está entre as frutas tropicais que mais trazem benefícios ao organismo. Em sua composição, estão presentes minerais importantes como:

  •         Cálcio: está presente na composição dos ossos e dentes, participa da coagulação sanguínea, facilita o deslizamento e contração das fibras musculares, regula a divisão celular, facilita a transmissão de impulsos nervosos e controla os batimentos cardíacos.
  •      Magnésio: direciona o cálcio para ser absorvido pelos ossos, previne doenças cardiovasculares, pressão alta e arritmia, participa na absorção de proteínas e carboidratos, reforça o sistema imunológico e atua na formação de proteínas.
  •         Potássio: equilibra a quantidade de água presente nas células, controla a pressão arterial, aumenta a elasticidade das artérias e age nas contrações musculares.

No que diz respeito às Vitaminas, a fruta é uma boa fonte de Vitamina A, responsável por garantir a saúde dos olhos; Vitamina B1, que atua na conversão de açúcar em energia, na síntese de neurotransmissores e no reforço da imunidade; Vitamina C, que aumenta as defesas do corpo contra infecções, combate a ação dos radicais livre e auxilia no processo de cicatrização dos ferimentos; e Vitamina D, essencial para a absorção de cálcio e fósforo no organismo.

E a bromelina?  Devido a presença de bromelina em sua composição, uma mistura de enzimas que desdobram proteínas, o abacaxi facilita a digestão e estimula um melhor aproveitamento dos outros nutrientes.  Ela também dissolve o muco ou o catarro dos pulmões, facilitando a expectoração, e age, como antiinflamatório.

E onde se encontra a bromelina no abacaxi? Ela está em grande concentração na parte central da fruta, aquela mais dura, que normalmente é descartada antes do consumo. Para aproveitar seus benefícios, bata o miolo do abacaxi em sucos e vitaminas.

Fibras poderosas Elas estão presentes no abacaxi e, por essa razão, ele é uma ótima opção de funcionamento do intestino. É que as fibras, associada à ingestão diária de boa quantidade de líquidos, formam e dão peso ao bolo fecal, facilitando seu trânsito no intestino e permitindo, assim, que ele seja eliminado mais facilmente. Elas ainda participam acelerando a digestão. É por essa razão que, junto com a bromelina, as fibras ajudam a diminuir a sensação de peso no estômago após excessos alimentares.

Cada 100g da fruta contém:
Calorias 48kcal
Carboidrato 12,31g
Proteína 0,9g
Fibra Alimentar 1g
Lipídeos 0,1g
Magnésio 18mg
Fósforo 13mg
Potássio 131mg
Manganês 1,62mg
Ferro 0,3mg
Cobre 0,11mg
Zinco 0,1mg
Vitamina B1 0,17mg
Vitamina B2 0,02mg
Fonte: UNICAMP – Tabela Brasileira de Composição de Alimentos / TACO

Fonte: Editora Alto Astral. O poder das frutas. v. 1, n. 1. 2009.