É só descascar!

A tangerina é uma união perfeita de sabor, praticidade e vitaminas

Ela representa grande parte dos nutrientes da laranja, porém com a vantagem de poder ser consumida em qualquer lugar, a qualquer hora, graças a facilidade de ser descascada.

Com boa quantidade de vitamina C, manda para bem longe os radicais livres e a ameaça de gripes e resfriados, já que reforça as defesas naturais do organismo.

O potássio, presente em sua composição, é responsável por regular a pressão arterial; o magnésio atua no equilíbrio hormonal e produção de energia; o cálcio fortalece ossos e dentes e participa da coagulação sanguínea; e o fósforo combate a fadiga. As fibras da polpa ainda dão uma forcinha para o funcionamento do intestino.

Cada 100g da fruta contém:
Calorias 38kcal
Carboidrato 9,6g
Proteína 0,8g
Fibra Alimentar 0,9g
Fósforo 12mg
Potássio 131mg
Vitamina C 48,8mg
Fonte: UNICAMP – Tabela Brasileira de Composição de Alimentos / TACO

 Fonte: Editora Alto Astral. O poder das frutas, v.1, n.1, 2009.

Limpa o orgarnismo!

O melão elimina as toxinas, diminui a retenção de líquidos e contribui na perda de peso

Bastante indicado em caso de insuficiência renal  e infecções urinárias, o melão promove a hidratação  e elimina as toxinas do organismo.

Cerca de 90%  da fruta é composta por água. Rico em minerais, ele auxilia na formação dos glóbulos vermelhos, dentes e ossos.

Tanto o melão-cantalupo quanto o amarelo possuem baixo valor calórico. Por isso, é a fruta ideal para quem quer perder peso e eliminar a retenção de líquidos, que causa inchaços.

Se o objetivo é combater a prisão de ventre, o melão-cantalupo sai ganhando, pois contêm maior quantidade de fibras.

Cada 100g da fruta contém:
Calorias 29kcal
Carboidrato 7,5g
Proteína 0,7g
Fibra Alimentar 0,3g
Fósforo 10mg
Sódio 11mg
Potássio 216mg
Fonte: UNICAMP – Tabela Brasileira de Composição de Alimentos / TACO

 Fonte: Editora Alto Astral. O poder das frutas, v.1, n.1, 2009.

Protege músculos e coração

O figo contém nutrientes que melhoram o desempenho do corpo

Rico em açúcares, o figo fornece energia rapidamente, e possui potássio, mineral importante para melhorar o desempenho do corpo, pois protege músculos e o coração.

Por isso, a fruta é indicada para quem pratica exercícios físicos e tem uma agitada. Ele também colabora na digestão e combate a prisão de ventre.

Mas atenção: consuma a fruta fresca, pois em conserva (enlatado, em calda) o figo possui mais calorias e carboidratos e não é indicado para diabéticos. São 184 calorias do figo em calda contra apenas 41 calorias da fruta fresca, que ainda possui 5 vezes menos carboidratos.

Cada 100g da fruta contém:
Calorias 41kcal
Carboidrato 10,2g
Proteína 1g
Fibra Alimentar 1,8g
Magnésio 11mg
Fósforo 15mg
Potássio 174mg
Cálcio 27mg
Vitamina C 0,8mg
Fonte: UNICAMP – Tabela Brasileira de Composição de Alimentos / TACO

 Fonte: Editora Alto Astral. O poder das frutas, v.1, n.1, 2009.

Amiga n° 1 do coração!


A uva é uma grande aliada na redução do colesterol e na prevenção de doenças cardiovasculares.

Rubi, Itália, preta, rosada… existem uvas para todos os gostos.  Cada um desses tipos possui cor, sabor e textura singulares e apresentam variadas quantidades de nutrientes.

As uvas de coloração vermelha ou roxa (com a uva rosada ou preta) possuem grande quantidade de flavonóides, que aumentam o colesterol bom (HDL), melhoram a circulação e previnem danos contra as artérias, diminuindo assim o risco de doenças cardiovasculares.

Antioxidantes naturais Os flavonóides  são substâncias encontradas nos vegetais e atuam como antioxidante no nosso organismo. São tipos de polifenóis, responsáveis pela defesa das plantas: protegem contra ataques de fungos, bactérias e até da radiação de ultravioleta. Se os polifenóis já tem essa função nos vegetais, imagine então quando nós os consumimos! Eles são capazes de combater a ação dos radicais livres e, assim, previnem o envelhecimento precoce.

Além de proteger as artérias (pois reduzem o risco de aterosclerose e baixam os níveis de colesterol ruim na corrente sanguínea), os flavonóides funcionam com aintiinflamatório e, por isso, podem aliviar dores.

Revestarol  Encontrada em abundância na casca de uvas pretas, o revestarol é uma substância (polifenol) antioxidante que ajuda a reduzir o colesterol ruim (LDL) e aumentar o bom colesterol (HDL) na corrente sanguínea. Ajuda na prevenção de doenças cardiovasculares, da perda de vitalidade e do envelhecimento precoce. Além isso, tem ação antiinflamatória, prevenindo doenças pulmonares obstrutivas crônicas, como a asma e a bronquite.

É só escolher… Ao observar uvas de diversas cores e nomes no mercado, geralmente as pessoas vão escolher aquela que mais agrada ao paladar. E isso não é errado, pois qualquer tipo de uva que levarem para a casa vai estar acompanhada de muitos nutrientes saudáveis. Apesar de as uvas avermelhadas serem mais ricas em flavonóides, toda uva traz benefício à saúde.

Todos os tipos de uvas possuem boa quantidade de minerais, em especial o potássio, que está presente nas contrações do coração, é essencial para a saúde dos músculos e equilíbrio da pressão arterial.

Os cachos também são repletos de fibras solúveis, que favorecem o bom funcionamento do intestino. Por ser rica em açúcares (glicose e frutose), a fruta fornece energia rapidamente e sacia a fome levemente. A uva ajuda a tratar afecções renais e a eliminar o ácido úrico,  pois tem ação diurética e alcalinizante.

Cada 100g da fruta contém:
Calorias 49cal
Carboidrato 12,7g
Proteína 0,6
Fibra Alimentar 0,9g
Magnésio 6mg
Fósforo 23m
Potássio 159m
Cálcio 8mg
Sódio 85mg
Fonte: UNICAMP – Tabela Brasileira de Composição de Alimentos / TACO

 Fonte: Ediotora Alto Astral. O poder das frutas. v.1, n.1. 2009. 

Limão. Barato, saudável e multiuso

  

O limão tem função antioxidante, fortalece o sistema imunológico e serve até como produto de limpeza!

Apenas 1 limão médio é capaz de fornecer a quantidade diária recomendada de Vitamina C. Ela participa da produção de anticorpos no organismo e, por isso, protege o nosso corpo contra infecções: nada mais propício em situações de baixa imunidade do organismo.

A Vitamina C, além de fortalecer o sistema imunológico, ainda ajuda o organismo a absorver ferro, Quem sofre de anemia deve consumir verduras verde-escuras, que são ricas nesse mineral, e, se temperá-las com limão, terão a dupla necessária para combater esse problema.

E não é só em sucos e chás que o limão oferece tantos benefícios. Esse azedinho serve como tempero de salada, é ingrediente de molhos e dá um gostinho a mais ao refrigerante. Rico em flavonóides, tem função anticancerígena, atua como antiinflamatório e ajuda a eliminar o colesterol ruim (LDL) do sangue.

Como do limão tudo é aproveitado, a casca pode ser ralada em tortas e até mesmo batida em suco. A limonada suíça, por exemplo, utiliza o limão inteiro, com casca e bagaço e, por isso, oferece todos os nutrientes presentes na fruta, em especial a pectina, substância presente na parte branca, entre a polpa e a casca. Ela ajuda a equilibrar os níveis de colesterol e glicose no organismo.

Os óleos essenciais ainda contribuem na eliminação do ácido úrico do organismo que, em excesso, pode causar artrite (inflamação das articulações), nefrite (inflamação dos rins) e cálculos renais.

O consumo de limão também pode prevenir problemas de circulação, pois seus flavonóides reforçam a parede dos vasos sanguíneos e dão mais elasticidade às artérias.

O suco de fruta também serve como produto de limpeza natural. Os produtos industrializados podem irritar a pele e as unhas e, além disso, prejudicam o meio ambiente. O excesso de espuma, jogado no esgoto todos os dias, favorece a proliferação de algumas plantas aquáticas e desequilibra a cadeia alimentar em rios e mares. Para ser ecologicamente correto, utilize 100 ml de suco puro de limão para cada  1 litro de água, misture bem e é só aplicar em vidros, azulejos, fogão, etc.

Cada 100g da fruta contém: PARA OBTER OS BENEFÍCIOS dO LIMÃO….
Calorias  32kcal …é preciso tomar alguns cuidados na hora da utilização. A acidez dessa fruta pode causar irritações, por isso:
Carboidrato 11,1g
Proteína 0,9g
Fibra Alimentar 1,2g
  • Algumas pessoas  que sofrem de gastrite podem ter sensibilidade ao limão. Porém, o consumo só é proibido se a pessoa sentir algum desconforto ao ingeri-lo.
Magnésio 10mg
Fósforo 24mg
Lipídeos 0,1g
  • O esmalte dos dentes também pode ficar prejudicado, assim, recomenda-se não escovar os dentes logo após ingerir limão; aguardar 1 hora para que o efeito do ácido se neutralize.
Cálcio 51mg
Sódio 1mg
Vitamina B1 0,3mg
  • Após manusear a fruta. é preciso lavar muito bem as mãos e outras áreas que tiveram contato com ela e não se expor ao sol, pois o sumo pode causar manchas na pele.
Vitamina C 38,2mg
Fonte: UNICAMP – Tabela Brasileira de Composição de Alimentos / TACO

Fonte: Editora Alto Astral. O poder das frutas. v. 1, n. 1. 2009.